sexta-feira, 11 de agosto de 2017

E se não der certo?



imagem (tumblr)
 
Nunca namorei. Com a minha idade a pressão para que isso aconteça é muito grande, e sei que muitos jovens passam pela mesma coisa que eu. Aqueles que são da igreja, sabem até demais que o que às pessoas mais velhas esperam de nós é um casamento. Parece que não, mas é raro alguém dizer para você estudar primeiro, procurar uma vida estável sozinho antes de uma vida a dois. (as pessoas que dizem isso se importam mesmo com você, ouça elas) E não é que às que te pressionam sobre casamento não se importam, mas é algo tão enraizado na nossa cultura, que já virou um dos valores irreversíveis. Nem todo jovem que faz dezoito anos, quer namorar ou é obrigado a namorar. Temos que pensar no que o sábio Salomão diz em Eclesiastes 3: Há um tempo para todas as coisas. E se não estamos nós sentindo bem para entrar num relacionamento, como pode dar certo? E se não der certo?
Quando não estamos pronto para alguma coisa, sempre olhamos para os pontos negativos dela, inventamos desculpas, tudo para que a sua consciência se convença de que vai dar errado e nem tente. A verdade é que, nem precisamos das desculpas, quando não nós sentimos confiantes para fazer algo, já desistimos muito antes de pensar a respeito. Pense no vestibular, se você não estudou ou não está se sentindo confiante, já inicia a prova sabendo que não vai conseguir. E na maioria das vezes, realmente não consegue. Talvez você até conseguiria, se no início da prova estivesse se sentindo capacitado e confiante. Não entre num relacionamento se você não confiar em si mesmo.
O que temos que fazer é parar e respirar. Lembra daquela pergunta: O que você faria se não tivesse medo? Se estiver com medo, você tem três escolhas, desistir; vencer o medo; ou tentar com medo mesmo. Mas se você tentar mesmo com medo, prejudica não somente a pessoa com quem você está namorando, mas também a si mesmo.
Nunca namorei. Não sei dar conselhos sobre relacionamento, mas sei que é necessário a confiança do casal um no outro para que de certo. Todos nós sabemos quando estamos nós enganando, cabe a você decidir aquilo que sabe que é o certo, mesmo que doa e mesmo que não seja aquilo que as pessoas esperam de você. Não mergulhe num mar, se você não sabe nadar. Nem se estiver aprendendo. Mas se você já sabe nadar, mergulhar e mesmo assim não der certo, não se preocupe. Às vezes o mar não está bom para nadar, às vezes não está no momento certo. Mas leve para si cada experiência. Aquela frase não é? Mar calmo não faz bom marinheiro. (Essa carta é para mim, para você, é para todos)
Marina

Nenhum comentário:

Postar um comentário